Institucional Particulares Empresas Apoio ao Cliente Sinistros
interna
 Arquivo Notícias
 Produtos
 Videos
 Galeria
 Contactos
 Links
 E-mail
  Notícias  
     
   
Data:18/01/2017
Impar é Estrela Mercator em 2015

A seguradora cabo-verdiana Impar foi distinguida com a Estrela Mercator da Língua Portuguesa. Este prémio, que já é uma referência tanto a nível académico como empresarial das boas práticas de marketing nos países de língua portuguesa, destacou a Impar pela sua performance, principalmente pela visão de marketing.

 

O Mercator é tido como a bíblia do marketing e da performance sócio-económica nos países de língua portuguesa. Lançado sob a premissa de esmiuçar o pulsar socioeconómico de Portugal desde 1992, deixou de ser um simples manual para se transformar num importante indicador de potencialidades de investimentos. Hoje é acompanhado de muito perto por gestores, na busca das oportunidades de investimento, bem como para a adequação de estratégias de marketing aos respectivos cenários.

 

 

Depois de operar durante alguns anos em Portugal, expandiu a sua análise aos países de língua portuguesa num importante exercício de estudo deste vasto e promissor mercado e a Impar foi uma das galardoas de Cabo Verde em 2015 com o trofeu Estrela Mercator. Foi o reconhecimento das medidas recentemente tomadas pela empresa que entre outras, destaca-se o saneamento da carteira de clientes.

 

 

Rácio de Sinistralidade

 

 

A empresa tinha em 2003 um rácio de sinistralidade acima dos 80%, o que correspondia a um rácio de custos acima dos 30%, com um cenário de sinistralidade automóvel acima dos 120%. Pelo que a partir de 2004 foi necessário tomar medidas no sentido de mudar de rumo que passou por além aumentar a cota de mercado no nicho certo, garantir o acréscimo significativo na rentabilidade das vendas.

 

 

A estratégia foi bem-sucedida (comprovado pelo prémio Mercator) e teve basicamente dois pilares. Primeiro foi necessário fazer um saneamento da carteira de clientes com o objectivo de afastar os não rentáveis. Depois implementou-se uma campanha de demarketing para os clientes que traziam prejuízo à empresa, contraposto com iniciativas compensadoras aos clientes rentáveis, aos quais decidiu-se reforçar e fidelizar. Para isso, atribuiu-se bónus para aqueles que não tinham tido acidentes. O próximo passo foi garantir a sustentabilidade da rentabilidade. Nesta etapa foi crucial a gestão das expectativas dos clientes.

 

 

Resultados

 

 

Já em 2014, apesar de ter sido um ano de retracção da indústria seguradora, em consequência do arrefecimento da economia nacional, a Impar Seguros reforçou a sua estratégia de consolidação financeira. O desfecho premiou a ousadia. Os resultados líquidos atingiram os 112. 307 contos – os melhores resultados técnicos da industria seguradora cabo-verdiana. E foi conseguida com base numa margem de solvência de 3,2 (mais que o triplo do mínimo fixado legalmente e supervisionado pelo Banco de Cabo Verde – BCV).

 

 

Para a IMPAR, mais do que o indicador quota de mercado, a rentabilidade das vendas deve ser o mote e justifica acções de diferenciação até de marketing para afastar clientes sem interesse para que se possa criar espaço para alojar os que trazem rentabilidade ao negócio. Daí ser fulcral conhecer, distinguir e diferenciar os clientes pois a fidelização dos clientes e a captação de novos não acontece por acaso. É objectivo da IMPAR e tem exigido um empenho reforçado da empresa, estando o nosso trabalho ancorado na satisfação do cliente. Para isso estamos a trabalhar para erradicar as surpresas indesejáveis fazendo uma boa gestão das expectativas do cliente, garante o CEO da Impar, Luís Vasconcelos. 

 



 

   

     
       
       
       
       
       
       
       

 
 

IMPAR SARL © 2012
Site optimizado resolução 1024 X 768 pixels
Comentários e sugestões: webmaster@impar.cv
Design; Valter Rocha
Concepção; SpotMarket